Hoje é Seg Mai 27, 2019 5:59 am

Todos os Horários estão como UTC - 2 horas




Criar novo tópico Responder Tópico  [ 123 Mensagens ]  Ir para a página 1, 2, 3, 4, 5 ... 9  Próximo
Autor Mensagem
 Assunto do Tópico: Izabel Pimentel
MensagemEnviado: Qui Set 14, 2006 1:05 am 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Sex Nov 18, 2005 2:55 pm
Mensagens: 452
xxx


Editado pela última vez por charles em Ter Nov 27, 2007 9:07 am, num total de 1 vezes

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Qui Set 14, 2006 1:11 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Sex Nov 18, 2005 2:55 pm
Mensagens: 452
xxx


Editado pela última vez por charles em Ter Nov 27, 2007 9:08 am, num total de 1 vezes

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sex Set 15, 2006 1:45 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
who knows..??

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Izabel problemas pimentel
MensagemEnviado: Qua Abr 18, 2007 4:22 pm 
Offline
Marinheiro

Data de registro: Qua Mar 29, 2006 6:47 pm
Mensagens: 37
Localização: Blumenau - SC
A Izabel tem sido um exemplo daquilo que não se deve fazer quando planejar e executar travessias e viagens longas. Essa sequencia de problemas parece ser uma sequencia de decisões erradas, e não de má sorte. Espero que ela ponha a cabeça no lugar antes de que algo realmente trágico aconteça (quebra mastro na travessia até Trindade)

_________________
Tonello - Psiquiatra Velejador


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Qui Abr 19, 2007 7:53 pm 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Qua Mai 24, 2006 5:52 pm
Mensagens: 6192
Localização: Porto Alegre
no creo en brujas ... pero que las hay, las hay.

eu não sou um cara supersticioso nem tendente a acreditar no sobrenatural, mas eu acho que a izabel deveria se benzer (e ao barco também) e para pra pensar que talvez essa série de infortúnios não sejam apenas coincidência, mas sim alguma espécie de 'aviso'. as pessoas às vezes não enxergam os sinais que estão debaixo do seu nariz.

_________________
norberto@trovaonautica.com
cel/whatts 51-99992-4758
http://trovaonautica.com
http://trovaosailing.blogspot.com.br
https://twitter.com/TrovaoNautica
https://www.facebook.com/trovaonautica


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Qui Abr 19, 2007 8:41 pm 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Sex Fev 20, 2004 12:37 pm
Mensagens: 909
Curiosidade: A vela que ela vai usar na França está aqui, comigo, no Rio. Ela acho que chegou hoje na cidade. Provavelmente ela passa por aqui no salão nesta sexta ou no sábado.

_________________
Antonio Alonso JR


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sex Abr 20, 2007 9:26 am 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
Jr..se lembra da conversa no escritorio da nautica..junto com o Otto e o Marcio.....???

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sex Abr 20, 2007 9:46 pm 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Sex Fev 20, 2004 12:37 pm
Mensagens: 909
Eu sempre lembro das conversas.

Acabei de falar com ela. Em breve ela está partindo para a Europa, terminar a qualificação dela. Neste sábado os franceses devem dizer se as mil milhas que ela fez nessa viagem de Trindade vão contar ou não como completas.

Pelo que eu conversei com os franceses e com ela, eu arrisco dizer aqui que há uns 75% de chances de ela receber uma resposta positiva.

Jr

_________________
Antonio Alonso JR


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Dom Abr 22, 2007 7:58 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Sex Mar 18, 2005 12:52 pm
Mensagens: 256
Localização: guaruja
caros amigos imprudência, pouca prudência ou a coragem de navegadores que não temos?
abs mire


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Ter Abr 24, 2007 8:43 am 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Sex Jan 26, 2007 6:48 pm
Mensagens: 202
Localização: São Paulo - SP
pelo menos ela é transparente, e expõe publicamente, e generosamente as dificuldades. Não é como o mister perfect Amyr Klink. Ela faz muito, com pouco. (mas acho que tem um pouco de show sim, aquela coisa de malabarista de circo, que dá umas erradas para o pessoal ver que é difícil...) :wink: (uma espécie de charles chaplin do mar)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Ter Abr 24, 2007 5:47 pm 
Offline
Marinheiro

Data de registro: Qui Mai 11, 2006 7:15 pm
Mensagens: 45
Olá Ricardo

Como fã dos feitos do Amyr acho que existe uma grande diferença nos feitos da Izabel e do Amyr o que fazem deles diferentes aventureiros.
E a grande diferença, somente para deixar o assunto curto, é o planejamento.
Nos livros do Amyr vc poderá encontrar diversas dificuldades do projeto de construção e navegação e do projeto em si. A histórica do mastro é uma delas e também o material necessário para construir e fazer o seu próprio estaleiro é outra. Além de um dezena de outas história.
Uma projeto de milhões não pode ser comparado como o da Izabela. Ainda mas que próximo ano ele provalvemente irá começar o Paraty IV (um catamaran).
Apesar da coragem hoje todo ou qualquer tipo de projeto exige todo um grande planejamento. E quando as falhas acontecem é que vc mede como foi o planejamento e como esta indo o projeto.
Se não for dessa forma.. daí estamos falando simplesmente de uma aventura sem planejamento onde tudo pode acontecer

Abraços

Dynastes


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Ter Abr 24, 2007 7:45 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Sex Nov 18, 2005 2:55 pm
Mensagens: 452
xxx


Editado pela última vez por charles em Ter Nov 27, 2007 9:08 am, num total de 1 vezes

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Ter Abr 24, 2007 9:03 pm 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Sex Jan 26, 2007 6:48 pm
Mensagens: 202
Localização: São Paulo - SP
estão a tirar demais os méritos da Izabel, e valorizar demais o Amyr.
O Amyr é mais seguro? O Amyr é um "cientista"? O Amyr tem a barba estrategicamente curta? Prefiro ter a Izabel como capitão, até porque ja li o suficiente sobre o outro. (O "próximo" barco dele é só motor). Entendo que navegar é um exercício de saúde física e mental, não é uma conversa para boi dormir (com o último livro dele).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Ter Abr 24, 2007 11:19 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
..Junior.....Que tal publicar a nota do site da Isabel que foi postada ontem..???? ..alguem sabe o site..???


Ricardo Ramalho escreveu:
estão a tirar demais os méritos da Izabel, e valorizar demais o Amyr.
O Amyr é mais seguro? O Amyr é um "cientista"? O Amyr tem a barba estrategicamente curta? Prefiro ter a Izabel como capitão, até porque ja li o suficiente sobre o outro. (O "próximo" barco dele é só motor). Entendo que navegar é um exercício de saúde física e mental, não é uma conversa para boi dormir (com o último livro dele).

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Qua Abr 25, 2007 12:07 am 
Offline
Lobo do mar

Data de registro: Seg Jul 25, 2005 4:36 pm
Mensagens: 115
Localização: São Paulo
Pois bem, mestre Jorge, aí vai:

"Enquanto lutava, sem leme e com a última reserva de energias, meu coração já estava apertado. Teria o Cabo Calcanhar a minha espera. Mas do pior eu ainda não sabia.
Me enviaram um leme novo, mas que não funcionava. Velas sem talas e minha cabeça começou a mergulhar em mil dúvidas. "Quem me enviou este material?"
Mas não tinha tempo. Mais uma vez não tinha tempo, e segui numa viagem para loucos, com um leme que freava meu barco, não segurava o piloto automático. E a cada noite sem dormir a loucura aumentava. Dúvidas, incertezas; e uma única certeza. Eu realmente estava sozinha.
Quem são as pessoas que um dia eu confiei e agora agiam de forma suspeita. Mas o que eu fiz?
Acreditei em um sonho e transformei ele em realiade!
Mas algo nascia. Era um barco e esse barco era meu.
E na corrida louca de ultrapassar as milhas que me distanciavam da resposta, a loucura aumentava.
Mas chego em terra, e confirmo o que destruía o prazer de minhas velejadas.
Um dia me venderam a idéia de levar para a Mini-Transat um barco nacional. Nacionalista, meus olhos brilharam com a idéia. Assinei em baixo. Deixei de buscar um barco com anos de credibilidade e saí do racional para entrar no emocional. Era o Brasil, mas verde e amarelo que iria representar.
Mas minha alegria aos poucos foi sendo destruída.
O barco não ficava pronto. Problemas na contrução. 100 KG mais pesado.
Os dias iam passando e nada. "Daqui a 15 dias entregamos".
Passava 30 e nada. Mais 30, até chegar no limite.
Tinha convidado o Paulo Ribeiro para me treinar e o barco foi entregue com 6 meses de atraso. Perdi meus treinos.
No primeiro teste, a luz de navegação durou dois dias. O pau de spi, uma velejada.
Não tinha mais tempo. Sem luz, com um barco lento, seguia para Trindade. Sem falar das reduções, na chuva que entrava porta adentro. Mas mesmo assim procurava corrigir os defeitos, não conseguia ficar brava. O azul do céu, os golfinhos, os arco-íris e cada por do sol, sem falar na lua cheia.
Durante uma visita do sudoeste, meu mastro se parte em dois.
Olhei para ele fria. Não me espantei. Eu já esperava. Ele foi feito para quebrar".

Retirado do site http://www.jgpimentel.com.br/izabel/.
Vale a pena dar uma olhada no site. Ainda há mais do relato.

Leonardo

P.S.: Não dava para usar o recurso copiar e colar, razão pela qual digitei o texto e pode haver pequenas falhas na transcrição.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Responder Tópico  [ 123 Mensagens ]  Ir para a página 1, 2, 3, 4, 5 ... 9  Próximo

Todos os Horários estão como UTC - 2 horas


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 6 visitantes


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por phpBB Brasil