Hoje é Qui Jan 17, 2019 4:59 pm

Todos os Horários estão como UTC - 2 horas




Criar novo tópico Responder Tópico  [ 12 Mensagens ] 
Autor Mensagem
 Assunto do Tópico: Mastro AERORIG
MensagemEnviado: Sex Fev 02, 2007 8:03 pm 
Offline
Novato

Data de registro: Ter Nov 28, 2006 1:33 pm
Mensagens: 13
Sou novo nesse negócio de veleiros, mas apaixonado pelo assunto e sonho já a muitos anos em um dia ter condições de comprar e/ou construir um e morar nele com minha família...leio tudo que posso à respeito tentando aprender o máximo e...do pouco que sei até o momento o meu sonho de barco ideal seria basicamente um 40 pés com uma bela boca (4mts), em alumínio autoportante (Construção "strongall" ou "origami") com "swing keel"...alguma coisa bem próxima, digamos, entre o PM 42 Aerorig (Náutica nº 178), o Vini 42 do Thierry e um "Mini Parati 2", com um mastro Aerorig, que segundo o Amyr (única referência que tenho até o momento sobre esse tipo de mastro) só tem vantagens sobre a mastreação tradicional (excluindo o custo, lógicamente!) acabei de ler o último livro do Amyr e no livro fiquei sabendo que o fabricante faliu! Gostaria de ouvir de vocês, se possível:

1. A Carbospars era a única fabricante desse tipo de mastreação? Ou existe mais alguém fabricando?
2. Lembro ter lido em algum lugar, acho que na internet, que um mastro desses para um veleiro de aprox. 40 pés seria próximo de uns US$150 mil, depois de pagas todas as taxas de importação, impostos, etc...è isso mesmo?
3. Quais seriam os prós e contras de tal mastreação num veleiro exclusivamente de cruzeiro, onde a prioridade é a segurança, facilidade e baixo custo de manutenção, espaço, conforto (sem luxo) e praticidade na navegação, sem muito compromisso com performance?
4. Aproveitando, alguém sabe onde se encontra o PM 42 Aerorig que mencionei? E os Vini 42, alguém sabe me dizer onde poderia ver um?

Desde já obrigado à todos e me desculpem se escrevi alguma besteira, pois como disse até o momento não passo de um sonhador muito curioso e àvido por aprender o máximo que posso.
Abraços e Bons Ventos à todos!

Iran


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sex Fev 02, 2007 9:44 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Seg Ago 29, 2005 10:47 pm
Mensagens: 450
Localização: São Paulo
Caro IRAN,

Cuidado com as coisas que voce le, principalmente vindas do Amyr. Eu nunca velejei num barco com Aerorig, assim como a maioria das pessoas aqui, mas nunca vi alguem alem do Amyr falando bem. O conceito vem dos veleirinhos radiocontrolados e funciona, porem nao e' so' vantagens. O sistema tem varios pontos fracos. Para mim as maiores desvantagens sao menor performance, maior peso, maior complexidade, dependencia razoavel de eletricidade para funcionar, maior nivel de ruido, dificuldade de se fazer reparos caso seja necessario e aumento bastante grande na area do barco exposta ao vento (tanto na orca quanto ancorado). O custo do mastro la fora pelo que ouvi por ai' foi de US$100k cada. Sera' que o Amyr foi a motor para a Europa fazer a instalacao para burlar impostos?

Sobre o Vini42, procure saber de quem ja velejou no barco. Nao ouvi coisas boas a respeito tanto do barco quanto do fabricante. Aquele catamaran luxuoso de 100 pes feito pelo Tierry nao tem uma linha reta, gastou algumas toneladas de massa e ouvi boatos de que teve ate' problemas estruturais. Eu ja velejei ao lado do Vini42 em outro veleiro de apenas 23 pes na semana da vela em Ilhabela e pra mim aquilo mais se parece com uma tartaruga. Procure fazer antes um charter bem como conhecer outros barcos de projeto diferente para saber se ele se encaixa nas tuas necessidades. Cada um da valor a um aspecto e cabe a voce achar o melhor compromisso.

Se quiser construir um barco de aluminio procure falar com o Bentini do Pier 27 (Guaruja) e veja o que ele tem a dizer. A calderaria dos barcos do Amyr foi feita por ele.

Abraco,
Rodrigo


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sex Fev 02, 2007 10:19 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
Sera que alguem velejou de verdade com um aerorig....?

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Editado pela última vez por Jorge Nasseh em Sáb Fev 03, 2007 6:08 pm, num total de 1 vezes

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 2:44 am 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Qua Mai 24, 2006 5:52 pm
Mensagens: 6183
Localização: Porto Alegre
rodfeher escreveu:
Caro IRAN,

Cuidado com as coisas que voce le, principalmente vindas do Amyr. Eu nunca velejei num barco com Aerorig, assim como a maioria das pessoas aqui, mas nunca vi alguem alem do Amyr falando bem. O conceito vem dos veleirinhos radiocontrolados e funciona, porem nao e' so' vantagens. O sistema tem varios pontos fracos. Para mim as maiores desvantagens sao menor performance, maior peso, maior complexidade, dependencia razoavel de eletricidade para funcionar, maior nivel de ruido, dificuldade de se fazer reparos caso seja necessario e aumento bastante grande na area do barco exposta ao vento (tanto na orca quanto ancorado). O custo do mastro la fora pelo que ouvi por ai' foi de US$100k cada. Sera' que o Amyr foi a motor para a Europa fazer a instalacao para burlar impostos?

Sobre o Vini42, procure saber de quem ja velejou no barco. Nao ouvi coisas boas a respeito tanto do barco quanto do fabricante. Aquele catamaran luxuoso de 100 pes feito pelo Tierry nao tem uma linha reta, gastou algumas toneladas de massa e ouvi boatos de que teve ate' problemas estruturais. Eu ja velejei ao lado do Vini42 em outro veleiro de apenas 23 pes na semana da vela em Ilhabela e pra mim aquilo mais se parece com uma tartaruga. Procure fazer antes um charter bem como conhecer outros barcos de projeto diferente para saber se ele se encaixa nas tuas necessidades. Cada um da valor a um aspecto e cabe a voce achar o melhor compromisso.

Se quiser construir um barco de aluminio procure falar com o Bentini do Pier 27 (Guaruja) e veja o que ele tem a dizer. A calderaria dos barcos do Amyr foi feita por ele.

Abraco,
Rodrigo


se eu bem me lembro (não tenho certeza, mas vá lá), sim, ele foi a motor.

_________________
norberto@trovaonautica.com
cel/whatts 51-99992-4758
http://trovaonautica.com
http://trovaosailing.blogspot.com.br
https://twitter.com/TrovaoNautica
https://www.facebook.com/trovaonautica


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 1:31 pm 
Offline
Lobo do mar

Data de registro: Ter Abr 04, 2006 7:18 pm
Mensagens: 102
Se me permite

Morei muitos anos nos Estados Unidos, onde aprendí a velejar e fiz muitos amigos. Me lembro muito bem que a Catalina tentou lançar uma linha de veleiros, se não me engano de 26 pés, com esse tipo de mastro e nenhuma encomenda foi feita. Por lá eu nunca ouvi alguém elogiar essa geringonça caríssima, que de moderno só tem os mastros de carbono pois a idéia, se não me engano mais uma vez, vem do início do século XX. Por que você acha que a empresa faliu? Agora, Há quem tenha grana para gastar quase um milhão de dólares em dois mastros. Sinceramente eu sempre me questiono, será que precisa isso tudo? Mesmo para ir para a Antartica?.... Sugiro uma lidinha em um livro chamdo Ice! de Trsitan Jones

Um grande abraço
JPaes


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 3:33 pm 
Offline
Usuário primeira classe
Avatar de usuário

Data de registro: Qua Nov 08, 2006 11:36 pm
Mensagens: 609
So de curiosidade,..tem gente nos foruns internacionais da internet que chamam este mastro de an error rig,...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 6:10 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
E quem disse que ele gastou algum dinheiro para ter esta mastreaçao..???

jpaes escreveu:
Se me permite

Morei muitos anos nos Estados Unidos, onde aprendí a velejar e fiz muitos amigos. Me lembro muito bem que a Catalina tentou lançar uma linha de veleiros, se não me engano de 26 pés, com esse tipo de mastro e nenhuma encomenda foi feita. Por lá eu nunca ouvi alguém elogiar essa geringonça caríssima, que de moderno só tem os mastros de carbono pois a idéia, se não me engano mais uma vez, vem do início do século XX. Por que você acha que a empresa faliu? Agora, Há quem tenha grana para gastar quase um milhão de dólares em dois mastros. Sinceramente eu sempre me questiono, será que precisa isso tudo? Mesmo para ir para a Antartica?.... Sugiro uma lidinha em um livro chamdo Ice! de Trsitan Jones

Um grande abraço
JPaes

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 6:14 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
Nada como inventar a roda...!!!! Acabo de ver um catamaran passar em ferente a minha casa e parece um house boat...!!!! deve ter uns 80 pes...!!! todo enterrado na agua fazendo uns lindos 8 knots..!!!! O desenho da proa parece um supusitorio ou supositorio...nao sei qual a grafia correta...mas acho que voces captaram o look..... tem gente que ainda tem folego para inventar....!!!

Vou confessar uma coisa: eu admiro esta gente!

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 7:10 pm 
Offline
Lobo do mar

Data de registro: Ter Abr 04, 2006 7:18 pm
Mensagens: 102
Disso eu não tenho a menor dúvida pois se tivesse sido, ele teria pensado duas vezes em gastar esse dinheirão todo num par de mastros..

JPaes

Jorge Nasseh escreveu:
E quem disse que ele gastou algum dinheiro para ter esta mastreaçao..???

jpaes escreveu:
Se me permite

Morei muitos anos nos Estados Unidos, onde aprendí a velejar e fiz muitos amigos. Me lembro muito bem que a Catalina tentou lançar uma linha de veleiros, se não me engano de 26 pés, com esse tipo de mastro e nenhuma encomenda foi feita. Por lá eu nunca ouvi alguém elogiar essa geringonça caríssima, que de moderno só tem os mastros de carbono pois a idéia, se não me engano mais uma vez, vem do início do século XX. Por que você acha que a empresa faliu? Agora, Há quem tenha grana para gastar quase um milhão de dólares em dois mastros. Sinceramente eu sempre me questiono, será que precisa isso tudo? Mesmo para ir para a Antartica?.... Sugiro uma lidinha em um livro chamdo Ice! de Trsitan Jones

Um grande abraço
JPaes


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 7:12 pm 
Offline
Usuário primeira classe

Data de registro: Ter Mar 02, 2004 6:06 pm
Mensagens: 9499
Ele ganhou os mastros..ou voce tem duvida?

_________________
Jorge Nasseh (M.Sc Engenharia Naval) Vice Presidente da ACOBAR e autor dos livros: "Manual de Construção de Barcos", "Métodos Avançados de Construção em Composites" e "Técnica e Prática de Laminação em Composites"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico:
MensagemEnviado: Sáb Fev 03, 2007 9:16 pm 
Offline
Lobo do mar

Data de registro: Ter Abr 04, 2006 7:18 pm
Mensagens: 102
Claro que não...
JPaes


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: vela é obsoleto.
MensagemEnviado: Dom Fev 04, 2007 8:41 am 
Offline
Novato

Data de registro: Dom Mai 07, 2006 11:33 am
Mensagens: 28
Olá, inventei um sistema de uso de vento (não é vela) que permite navegar com "vento em proa", não precisa bordejar.
É mais baixa que uma vela, abaixa o centro de grav. e de massa também, pois altera a flutuação. Dispensa lastro, é possível instal-lo em qualquer embarcação.
Minha proposta é a seguinte: Quem patrocinar o veículo aquático modular ( www.vapera.pop.com.br ), eu divido a patente deste sistema eólico propulsivo meio a meio.
Se essa invenção não seduzir, tem uma que é a pedal ou motor e pode ser usada como submarino, "barco" e veículo terrestre.
Só preciso de patrocínio.
Alexandre


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Responder Tópico  [ 12 Mensagens ] 

Todos os Horários estão como UTC - 2 horas


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Google [Bot] e 11 visitantes


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por phpBB Brasil